Lista de mediadores

 

A CAMEDIARB conta com profissionais qualificados, possuidores de formação teórica e prática, a fim de oferecer o perfil adequado para solucionar o seu conflito. Na mediação, a parte pode indicar o mediador. A CAMEDIARB sugere os nomes a seguir, o que não impede a indicação de outros profissionais, na forma do Regulamento de Mediação.

ELISABETH VALERO MOREIRA

Graduada em Direito (1994) e em Estudos Sociais – licenciatura para 5ª a 8ª série (1986), na Universidade do Vale do Itajaí (Univali). Especialista em em Mediação e Arbitragem pelo Instituto de Mediação e Arbitragem do Brasil (1997).  Especialista em  Resolução Pacífica de Conflitos.

Mestre em Gestão de Políticas Públicas pela UNIVALI (2003) e Instrutora da Academia Judicial do Tribunal de Justiça de Santa Catarina . Concluiu diversos cursos de extensão universitária sobre métodos adequados de solução de conflitos, desde 2007, dentre os quais Conflitos Familiares Interculturalidade: Mediação (carga 100 h/a),  e Cultura da Paz e Mediação (carga 60 h/a), na Universidad  Complutense de Madrid, Espanha, em 2007-2008.

Dentre os vários projetos executados, destacam-se: (i) elaboração de material institucional; criação de cursos, de apostilas e aulas para curso à distância; tutoria e aulas presenciais (cursos de 20/horas aula concentradas) para as Casas da Cidadania (80 unidades) no período de abril de 2000 a fevereiro de 2008, em Santa Catarina; (ii)  em abril de 2011 publicou o Roteiro Teórico Prático dos Juizados Informais de Conciliação; (iii) confeccionou, criou e disponibilizou para o Poder Judiciário do Estado de Santa Catarina um Manual de Modelos de Termos de Acordos, para auxiliar conciliadores leigos na finalização de suas reuniões e fechamento de acordos (2012).

Áreas de atuação:     Mediação de conflitos familiares;     Mediação de conflitos entre adolescentes – família – professores – escola – sociedade e Mediação de conflitos “nas” escolas e “das” escolas; formação de mediadores infato/juvenis para 5ª a 8ª série e adolescentes para o segundo grau – Método europeu.

JOSÉ TRAGINO DA SILVA

Advogado (OAB/SC 21.695). Pós-Graduado Lato Senso em Formação para o Magistério Superior, Especialista em Direito do Trabalho, Bacharel em Direito pela Universidade do Vale do Itajaí (Univali, 2004). Tem experiência na área de Direito, como professor e advogado, com ênfase em Direito do Trabalho, Direito Tributário, Direito Comercial, Direito Civil, Defesa do Consumidor e Mediação e Arbitragem. Presidente da Comissão de Arbitragem da OAB-SC-Brusque (2013-2015) Diretor Jurídico da Federação Catarinense das Entidades de Mediação e Arbitragem (FECEMA).

OSVALDO AGRIPINO DE CASTRO JUNIOR

Professor do Mestrado e Doutorado em Ciência Jurídica da Univali, do Mestrado em Engenharia de Transportes da UFSC e convidado do Mestrado e Doutorado do International Maritime Law Institute, IMO/Malta, desde 2009, do Mestrado em Direito da FGV-Rio e da PUC/SP, e de diversos cursos de especialização em Comércio Exterior, Direito Marítimo e Portuário. Visiting Scholar na Stanford Law School (2000). Concluiu estágio Pós-Doutoral em Regulação de Transportes e Portos na Kennedy School of Government, Harvard University, em 2007/2008, com bolsa CAPES. Autor e organizador de 21 livros publicados pelas Editoras Aduaneiras, Fórum, Sergio Fabris, Quartier Latin, Lex, Renovar, Lumen Juris, OAB Nacional e Conceito, e 110 artigos e capítulos de livros publicados pela Oxford University Press, Revista dos Tribunais, Fórum, Juruá e Aduaneiras. Em 2011 recebeu o Prêmio Ravina Goni (2º melhor artigo) no Congresso do IIDM, no Panamá. Membro do Conselho Editorial da Revista Direito Aduaneiro, Marítimo e Portuário da IOB-Sage. Idealizador e coordenador do I Congresso Brasileiro das Comissões de Direito Aduaneiro, Marítimo e Portuário da OAB (2012). Advogado (OAB/SC 13.453-B), graduado pela UERJ (1992), sócio do Agripino & Ferreira Advocacia e Consultoria e Mestre em Direito Constitucional pela PUC-Rio, 1996. Diretor da Escola Superior da Advocacia da OAB/RJ (1996-98), onde lecionou Curso de Mediação. Bacharel em Ciências Náuticas, Ciaga (1983) e piloto de navios mercantes da Petrobras, Vale do Rio Doce, Libra e CBTG, tendo viajado para 30 países e operado em 65 portos, durante 4 anos (1983-87). Em 2013 recebeu a Medalha do Mérito Tamandaré do Comandante da Marinha. Membro das listas de árbitros da CAMFIEP, CBAM (Câmara Brasileira de Arbitragem Marítima, RJ), CMAJ e CAMESC e expert witness em arbitragens na CIESP-FIESP. Mediador formado pelo Dispute Management Institute, DMI, Orlando, Flórida, EUA (1997).

Áreas de atuação: Direito Marítimo, Direito Portuário, Contratos Internacionais, Recuperação de créditos, Logística, Regulação de Transportes, Convenção das Nações Unidas sobre Compra e Venda Internacional (CISG), Limitação da responsabilidade civil, Direito Civil, Comércio Exterior.

Idiomas: Inglês, francês, italiano e espanhol.

QUEILA JAQUELINE NUNES MARTINS

Advogada (OAB/SC 15.626). Doutoranda em Direito pela Univali (2014-  ), com o tema Dispute Board. Mestre em Gestão de Políticas Públicas pela Univali (2003). Especialização pela Escola Superior da Magistratura de Santa Catarina (2001). Graduação em Direito pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul - UNIJUÍ (1999). Professora Titular das Disciplinas de Direito do Consumidor, Direito Processual Civil e Juizados Especiais na Univali, Itajaí/SC. Coordenadora do Curso de Relações Internacionais da Univali, nos Campus de Itajaí, Balneário Camboriú e Kobrasol (São José) até 2012. Membro da Associação dos Cursos de Relações Internacionais do Brasil. Coordenadora do Curso de Capacitação em Gestão Pública da Fundação de Educação Profissional e Administração Pública - FEAPI (Prefeitura de Itajaí). Juíza Leiga no Juizado Especial Cível da Comarca de Balneário Camboriú, com ênfase na Mediação, Conciliação e na Psicologia das Negociações. Presidente da Comissão de Direitos do Consumidor da OAB Subseção de Balneário Camboriú/SC. Membro do Instituto Brasileiro do Consumidor. Foi Coordenadora e Membro Fundadora do Instituto de Pesquisas Univali, ligado à Pró-Reitoria de Pesquisa, Pós-Graduação, Extensão e Cultura – ProPPec. Pesquisadora nas áreas de: políticas públicas e cidadania, constitucionalismo e política, juridicização das relações sociais, sociedade civil global, sociedade consumerista, mediação de conflitos, mediação familiar, conciliação, arbitragem comercial e negociações internacionais.

VILMAR HOEPERS

Advogado (OAB/SC 4.455). Sócio fundador do Tribunal de Mediação e Arbitragem da Foz do Rio Itajaí, em 2001, depois denominado Centro de Mediação e Arbitragem de Itajaí (2006), atualmente Câmara de Mediação e Arbitragem do Brasil, da qual é Presidente, desde 2016.  Graduado em Direito (1982) e Estudos Sociais pela Univali (1978). Especialista em Mediação e Arbitragem pela Universidade da Região de Joinville (2006) e em Ensino à Distância pela Faculdade Senac, Florianópolis, SC (2008). Concluiu o curso de capacitação em Mediação Judicial pela Escola Nacional de Mediação e Conciliação do Ministério da Justiça (2013). Tem experiência em conciliações no âmbito da Justiça Privada e no Tribunal de Justiça de Santa Catarina desde 2006. Vice-Presidente da Federação Catarinense das Entidades de Mediação e Arbitragem (FECEMA) de 2011 a 2015. Presidente da Comissão de Mediação e Arbitragem da OAB, Subseção de Itajaí, SC (2006 a 2015) e Membro da Comissão de Mediação e Arbitragem da Seccional da OAB/SC. Coordenador do V Seminário de Conciliação, Mediação e Arbitragem de Santa Catarina – SECMASC (2015). Professor de cursos de Capacitação em Mediação, Conciliação e Arbitragem desde 2009. Autor de artigos sobre mediação, conciliação e arbitragem publicados on line e em periódicos. Funcionário aposentado Caixa Econômica Federal (2012).

WESLEY COLLYER

Capitão-de-Longo-Curso da Marinha Mercante, graduado em Direito e Mestre em Direito Portuário pela Univali (2007). Possui o Curso Pleno de Estudos de Política e Estratégia pela Escola Superior de Guerra. Doutorando em Direito Marítimo pela Universidade de Buenos Aires (que possui quatro dos cinco Prêmios Nobel da Argentina). Professor nos Cursos de Aperfeiçoamento de Oficiais da Marinha Mercante no Rio de Janeiro, Comandante de navios petroleiros (tendo navegado o equivalente a 16 voltas em torno da Terra), Juiz Suplente do Tribunal Marítimo; Inspetor-Geral da maior frota marítima do Hemisfério Sul (atual Transpetro); dirigiu a área de pessoal marítimo da Petrobras, com mais de 5.000 empregados; Negociador Trabalhista da Petrobras, e Juiz Federal do Trabalho. Professor Visitante nos Cursos de Comércio Exterior, de Direito Marítimo e Portuário em diversas Universidades, além de palestrante em Congresso e Seminários. Membro do Centro dos Capitães da Marinha Mercante, da Associação Brasileira de Direito Marítimo e do Instituto Iberoamericano de Derecho Marítimo, e Ex-Associate Member of Nautical Institute (Inglaterra). Autor de cinco livros e diversos artigos científicos e de opinião e revistas especializadas. Destacam-se os livros: Dicionário de Comércio Marítimo, inglês-português, com 5ª. edição em março/2015, pela Aduaneiras, e Lei dos Portos – o Conselho de Autoridade Portuária e a busca da eficiência, pela Lex Editora, SP. Principais comendas e homenagens: (i) Placa de Prata e homenagem do Centro dos Capitães da Marinha Mercante “pela brilhante atuação à Inspetoria Geral da Frota Nacional de Petroleiros”, em 16 de junho de 2008; (ii) Comenda Jus et Labor, da Justiça do Trabalho; (iii) Ordem do Mérito Naval, do Ministério da Marinha e (iv) Diploma e Escudo de ouro branco por “20 anos de bons serviços prestados à Petrobras”.